Você está acessando como visitante. Cadastre-se ou faça login para enviar comentários, divulgar eventos, etc.

Um ano de peregrinação da cruz e do ícone da JMJ.

19 de setembro de 2012

Nesta terça-feira, 18 de setembro, completou-se um ano de peregrinação, pelo Brasil, da cruz e do ícone de Nossa Senhora em preparação para a Jornada Mundial da Juventude que será realizada em julho de 2013 no Rio de Janeiro. Pe. Antonio Ramos do prado, assessor da Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB faz uma avaliação desse período.

"A Cruz Peregrina é um símbolo da fé católica, da evangelização, da união de várias nações com o objetivo de expressar redenção e fé. Porém, a Cruz Peregrina tem um significado maior, mais forte, mais amplo: representa a figura de Cristo Salvador, o cordeiro de Deus.

No Brasil os Ícones chegaram no dia 18 de setembro de 2011 na cidade de São Paulo. Uma grande festa religiosa aonde reuniu 100 mil jovens. A partir desse dia os ícones iniciaram a peregrinação no território brasileiro levando esperança e alegria aos jovens para que eles tenham vida em abundância.

Os ícones da JMJ têm proporcionado um fervor apostólico em todas as dioceses por onde passam. O clero tem reafirmado a opção afetiva e efetiva pelos jovens da Igreja do Brasil. Um novo olhar de esperança para a juventude que nesse momento é uma população de mais 52 milhões no Brasil.

Os Ícones têm levado esperança aos presídios, casas de recuperações de dependente químico, orfanatos, riberinhos, aldeias indígenas, etc. Deus esta presente em cada um desses lugares de sofrimento e deseja que os seus filhos possam viver com dignidade, pois a vida é um presente amoroso de Deus.

Ao passar pelas escolas e universidades os Ícones provocam na vida dos jovens e de seus educadores um desejo amadurecer a fé e rever o próprio projeto de vida. Em especial nas universidades o debate entre Fé x Razão tem sido um ponto fundamento para o diálogo e respeito pela diversidade religiosa.

Os eventos de massa como Boté, procissões e fóruns têm sido um espaço de visibilidade de Evangelização e ao mesmo tempo os cantores católicos do Brasil propagam o Evangelho através da música e da arte. São milhares de jovens que participam desses espaços e divulgam o Evangelho em outros meios.

O Papa João Paulo II, ao entregar a Cruz aos jovens disse “Meus queridos jovens, ao concluir este Ano Santo, confio­vos o símbolo deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Levai-a pelo mundo afora como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciai a todos que só na morte e ressurreição de Cristo é que poderemos encontrar salvação e redenção”. Assim os ícones especialmente através dos jovens propagam o Evangelho e leva os jovens a evangelizarem outros jovens.

A missão continua. No mês de dezembro os ícones irão para os outros países do Cone Sul – Paraguay, Uruguay, Argentina e Chile e após esse caminho internacional retornará para o Brasil e continuará o seu itinerário até a JMJ no Rio de Janeiro".

 

Fonte:CNBB

Últimos Tweets